A Liçãozinha de moral que me fez virar Hacker

sinclair-zx-spectrum-theatre-europe-by-summit

O Mary Sue é um site militante que segue a vertente moderna onde tudo é ofensivo e tudo deve ser analisado com o pior viés possível. Qualquer coisa negativa pode e deve ser atribuída à opressão e misoginia. Ninguém faz nada por acaso, tudo é feito para oprimir mulheres, e o Ghostbusters fracassou porque os homens proibiram as mulheres de ir ao cinema (juro!). Continue reading “A Liçãozinha de moral que me fez virar Hacker” »

O Dia em que fui acusado de espionagem

riachuelo6

Como diz Éden, meu baiano favorito, senta que lá vem história, lembrei dessas num bate-papo com o Aviões e Músicas e é boa demais pra deixar passar.

Demonstra muito da nossa mentalidade de vira-latas e de porquê o Brasil nunca vai deixar de ser o país do futuro.

Lá nos idos de 2004 eu descobri o Espaço Cultural da Marinha, aqui no Rio, na Praça Mauá. Em uma visita aprendi mais sobre História da Marinha do que em todos os anos de colégio. Eu com 30 anos na cara não sabia que o Brasil havia participado da PRIMEIRA Guerra Mundial. Obrigado, professores comunistas. Continue reading “O Dia em que fui acusado de espionagem” »

Desculpe, floquinho, mas o mundo não foi feito pra alguém tão bonito quanto você

24237_original

Dizer que o mundo está chato já se tornou lugar-comum. Até a militância dos Guerreiros da Justiça Social já se atualizaram, e com sua retórica maniqueísta típica dizem que isso é o equivalente a reivindicar o direito de ofender gratuitamente minorias. Continue reading “Desculpe, floquinho, mas o mundo não foi feito pra alguém tão bonito quanto você” »

Fortune and Glory, Kid. Fortune and Glory.