web metrics





Spammers de Cristo, agora em Ingrês




buddychrist.jpg

A praga do spam em blogs demorou mas chegou ao Brasil. Não digo aquela área cinza, onde o sujeito posta um comentário e pede “por favor visite meu blog”. Falo do spammer mesmo, aquele que posta de forma automática um “Nice blog, congratulations” e na URL aponta pra “easyV1agra.com” ou algo assim.

O problema é que as ferramentas de antispam para blogs, como o excelente Akismet (mais detalhes aqui) não estão preparadas para spam em português. Já apaguei vários, mas o melhor de todos foi de um site esquisito, no estilo lista de links, que postou no meu blog pessoal um comentário sobre o post onde divulgo um filme de propaganda do Brasil na Segunda Guerra. O cidadão postou uma… tradução do Pai Nosso. Em Inglês. Ou melhor, ingrês. Com um link pro site/portal/whatever dele. Vejam a pérola:

Father ours, that stays in the sky, santificado either your name, comes we it your kingdom, either made your will thus in the land as in the sky. The bread ours of each day in you give them today. E you pardon us our offences, thus with us we pardon to who in has offended them. E in you do not leave them to fall in temptation, but you exempt us of the evil. Amen!

Esse “Stays in the sky” é maravilhoso. Acho que é a segunda lição de todo curto se inglês, logo depois do book is on the table, a diferença entre “sky” firmamento e “heaven” Céu bíblico. Vejamos a tradução de 1662, que é a versão em inglês mais usada, e mantém o tom de linguagem arcaica da versão em português:

Our Father which art in Heaven, Hallowed be Thy Name. Thy Kingdom come, Thy Will be done, In Earth, As it is in Heaven. Give us this day our daily bread, And forgive us our trespasses, As we forgive them that trespass against us. And lead us not into temptation, But deliver us from evil. [For Thine is the kingdom, the power, and the glory, For ever and ever.] Amen.]

Assim, ao invés de se dar ao trabalho de consultar sequer a Wikipedia, o tal do Roberto, o spammer metido a esperto, passou por burro. Uma vez ao ser sumariamente deletado do post, e outra ao tentar parecer erudito e postando uma barbaridade como essa tradução…



Leia Também:

Sobre o Post

Este post foi escrito em 22/06/2006 às 8:33 pm

Está arquivado na(s) categoria(s) Internet, Mundo Bizarro, ProBlogger.

Você pode acompanhar os comentários via RSS 2.0.

Você pode fazer um comentário, ou trackback de seu próprio blog.



5 Respostas para “Spammers de Cristo, agora em Ingrês”

  1. Hauahaha

    Que gênio, têm aparecido spam aos montes no meu blog, mas o akismet tem segurado a onda, legal.

    A grande maioria listas de links imensas, não dou nem sorte de aparecer umas pérolas dessas para rir um pouco.

    Se bem, que, apareceram uns comentário bem "espertos" nesses dias ;), mas nada que se compare a isto.

    Abraço

  2. Cardoso, vc é demais! Assim é covardia, merece mais 4 links ;)

    Aguarde meu post sobre o Roberto que apareceu aqui em Sorocaba, ninguém merece!

    bjsss verde e amarelo :)

  3. […] Por falar em Spam, o Cardoso encontrou um spammer de Cristo. Posted by Bender Filed in Internet, Comentários, Você precisa ver isso […]

  4. […] Contraditorium: A praga do spam em blogs demorou mas chegou ao Brasil. Não digo aquela área cinza, onde o sujeito posta um comentário e pede ‘por favor visite meu blog’. Falo do spammer mesmo, aquele que posta de forma automática um ‘Nice blog, congratulations’ e na URL aponta pra ‘easyV1agra.com’ ou algo assim. […]

  5. hehehehe que figura.

    spam sux!!! Felizmente ainda não sofri com isso, mas vou procurar saber mais sobre o Akismet, caso precise usar.

    Abraços

Regras: Comentários de clones serão apagados. Caso seu comentário contenha ofensas pessoais, textos todos em caixa-alta, palavrões desnecessários ou miguxês você poderá ter seu email e IP expostos publicamente. Anonimato não é um direito, é um privilégio. Use-o bem ou perca-o. Se quiser me xingar, seja criativo, assim há uma leve chance de seu comentário ser aprovado. Do contrário não gaste seu tempo.
As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do blog, algumas vezes mal refletem as do autor do comentário.

Faça seu comentário

Quem é Cardoso

Para saber mais sobre o autor deste blog, visite este link. Para enviar uma mensagem, clique aqui. Para anunciar, clique aqui.




Hey, você aí...

Colabore com o blog que você conhece e ama. Ou então com o contraditorium. Demonstre seu afeto da forma que todo mundo entende: Com dinheiro. Ei, se até Deus precisa dele, quem sou eu para discordar? Escolha sua doação:
Valor do Agrado

Jabá

O Contraditorium está hospedado no Bluehost, com transferência mensal ilimitada, espaço em disco ilimitado, domínios ilimitados, infinitos subdomínios, PHP, Ruby on Rails e todas as funcionalidades que você puder pensar. Quanto? US$6,95 / mês, quinze Reau, menos que uma pizza. Conheça o Bluehost, clique no link abaixo.