web metrics





Dica Quente: Imagens de domínio público para seu blog




Todo mundo usa o Google Images ou similar, buscando fotos pra ilustrar matérias. É um fato. Só que sejamos realistas, é algo no mínimo duvidoso, já que a maioria dessas fotos tem SIM direitos associados. Criar as próprias imagens é algo que alguns blogs fazem, mas é por demais trabalhoso para operações de um homem só, como a maioria dos nobres representantes da blogosfera.

A saída é material em domínio público, seja por idade, seja por ser produzido por órgãos governamentais.

Uma vez li uma FAQ da NASA onde um sujeito perguntava se teria que pagar para usar uma imagem. A resposta foi excelente: “Você já pagou. Essa foto foi tirada com o dinheiro de seus impostos. Ela é, por direito, sua”.

Tente fazer isso com um mapa do IBGE…

contraditorium-elmo.jpg

Assim uma excelente fonte de imagens é o Tio Sam. Não só a NASA, mas de tudo que você possa imaginar. E este site aqui traz toneladas de links para bases de imagens no Grande Irmão do Norte. É muita coisa, muita coisa mesmo. Só tem que procurar. Essa foto do Elmo aí de cima por exemplo achei na galeria do DEA, parece que alguém estava usando esses bonecos para contrabandear cocaína. E pelo olhar do bicho, uma meia-dúzia de sacolés estourou em seu estômago.



Leia Também:

Sobre o Post

Este post foi escrito em 23/06/2007 às 3:47 am

Está arquivado na(s) categoria(s) Blogosfera, Dicas Quentes.

Você pode acompanhar os comentários via RSS 2.0.

Você pode fazer um comentário, ou trackback de seu próprio blog.



16 Respostas para “Dica Quente: Imagens de domínio público para seu blog”

  1. Muito boa a dica!

    Tô atrás de uma foto da Juliana Paes de calcinha. Sabia que não tem? A coitada da moça está desprovida de vestimentas intimas.

    até

  2. Se tem uma coisa que wikipedistas sabem fazer bem é garimpar material de uso livre para inserir na Wikipédia. A compilação desta lista você encontra aqui:

    Wikipedia:Public domain image resources

  3. O uso de imagens indevidas é um problema para os fotógrafos. Não é porque está na net que pode ser usada livremente. O mais recente rolo que tive conhecimento foi sobre a foto que ilustra o site da campanha para elevar o Cristo Redentor a categoria de uma das sete maravilhas do mundo. A foto panorâmica do Corcovado que abre o site foi usada sem autorização do fotógrafo. Quando os responsáveis pela campanha foram acionados pelo fotógrafo eles alegaram que o site foi uma doação de uma empresa e que já veio com as fotos. Claro que tentaram justificar o injustificável.

  4. Muito boa a Dica Cardoso. Sempre fico com os dois pés atrás quando vou colocar uma imagem no blog.

    Mas será que o mesmo bom senso vale para as instituições (g)o(ve)rnamentais brasileiras?

  5. Issamu, não vou nem responder ;)

  6. Cardoso, queria saber se assinando a bluehost pelo teu link eu meu blog entra no teu blogroll.

    Vou fazer mudança de servidor agora.

    Abraço.

  7. Cardoso, queria saber se assinando a bluehost pelo teu link eu meu blog entra no teu blogroll.

    Vou fazer mudança de servidor agora.

    PutsGrilo!com (www.putsgrilo.com).
    Abraço.

  8. Blogroll? Não, entra no Golden Sites, que vale mais do que dinheiro ;) É a primeira listagem lááá no alto do blog.

  9. Cardoso,

    Acho que você tá com um pequeno problema de cota de CPU. Ontem eu encontrei o limite excedido por volta de 3 horas da manhã, e agora (15:15) de novo.

    É bom dar uma olhada aí no que tá causando o problema.

  10. Cardoso,

    Acho que você tá com um pequeno problema de cota de CPU. Ontem eu encontrei o limite excedido por volta de 3 horas da manhã, e agora (15:15) de novo.

    É bom dar uma olhada aí no que tá causando o problema.

    (se esse comentário estiver repetido, desculpe-me, é que não consegui enviar de primeira, estou tentando de novo)

  11. Esse é um grande problema realmente.

    No meu blog uso muito fotos e imagens de jornais online. Para evitar problemas, procuro sempre deixar a foto original, com o nome e logotipo do jornal ou nome do fotógrafo. Não é o suficiente, entendo as complicações legais, mas se o ofendido entrar em contato protestando atendo o pedido de imediato.

    O ideal, e quando (e se) sobrar um dinheirinho é comprar uma câmera digital e fazer as próprias fotos.

    ps eu assinei o bluehost pelo link do Contraditorium ;)

  12. George Arraes em 23/06/2007 às 2:16 pm

    Bicho, tuh eh foda!

    Obrigado.

  13. E colocando os créditos ao autor/site na qual pertence a foto?

    De qualquer forma o Tio Sam Fotos já está nos favoritos. hehehe

    Até mais.

  14. Parafraseando o outro post: Melando as fotos alheias…

    Pera, deixa ver se entendi. Todos vocês moram nos EUA e pagam imposto lá pra terem direito de uso destas estas fotos? Ou foi no estômago de vocês que estouraram os sacolés? :)

    Antes que me acusem de haram, tb estou colocando nos favoritos…

  15. Você chamou minha atenção para os direitos sobre as fotos,assunto para o qual eu dava pouca atenção.Mais importante,para mim,do que a dica sobre onde conseguir fotos sem infringir o direito de ninguém foi a lembrança dos direitos associados.

  16. por favor,gostaria de entender se posso usar umas imagens de um ilustrador italiano de moda em minha loja,tipo poster e sacolas…

    posso sera comprar um livro e fazer isto?

    obrigado

    samuel

Regras: Comentários de clones serão apagados. Caso seu comentário contenha ofensas pessoais, textos todos em caixa-alta, palavrões desnecessários ou miguxês você poderá ter seu email e IP expostos publicamente. Anonimato não é um direito, é um privilégio. Use-o bem ou perca-o. Se quiser me xingar, seja criativo, assim há uma leve chance de seu comentário ser aprovado. Do contrário não gaste seu tempo.
As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do blog, algumas vezes mal refletem as do autor do comentário.

Faça seu comentário

Quem é Cardoso

Para saber mais sobre o autor deste blog, visite este link. Para enviar uma mensagem, clique aqui. Para anunciar, clique aqui.




Hey, você aí...

Colabore com o blog que você conhece e ama. Ou então com o contraditorium. Demonstre seu afeto da forma que todo mundo entende: Com dinheiro. Ei, se até Deus precisa dele, quem sou eu para discordar? Escolha sua doação:
Valor do Agrado

Jabá

O Contraditorium está hospedado no Bluehost, com transferência mensal ilimitada, espaço em disco ilimitado, domínios ilimitados, infinitos subdomínios, PHP, Ruby on Rails e todas as funcionalidades que você puder pensar. Quanto? US$6,95 / mês, quinze Reau, menos que uma pizza. Conheça o Bluehost, clique no link abaixo.