web metrics





Bruno, eu estava fazendo SÉQUIÇO




Os blogs apresentam uma característica única, talvez compartilhada com o rádio, que é a individualização da audiência. A televisão é naturalmente coletiva, mas o radinho (o equipamento, não a lista da Regina Duarte) é algo íntimo, o locutor fala direto na sua orelha, portanto ele está falando para você. “querida ouvinte” no ouvido da Maria é quase um convite ao amor. Por isso radialistas recebem, proporcionalmente, muito mais convites e propostas indecorosas que apresentadores de TV.

No caso dos blogs, o sujeito está em casa, de noite, nos lendo, e a interação também parece ser pessoa-a-pessoa, dada a nossa informalidade (exceto os blogs da blogosfera intelectual).

O lado ruim é que quando o leitor é meio perturbado, ele entende TUDO como direcionado exclusivamente a ele. Literalmente apaga os outros leitores, e aí não importa se são outros 5 ou outros 5 mil.

Eu mordi a língua, uma vez reclamei de uma ex que NUNCA lia meus blogs, nunca tinha tempo. Deve ser a mulher mais ocupada do mundo, nem a Benazir Bhutto é tão ocupada. Então resolvi fazer uma manutenção preventiva com uma ex que estava descobrindo a Internet (já havia chegado ao hotmail e ao orkut, mas não ao MSN).

Essa, achava que TUDO que eu escrevia era em relação a ela, para o bem ou para o mal, assim me mandava emails psicóticos uma hora se derretendo e outra hora me xingando, dependendo do post. Tive que dizer com todas as letras “acorda, Alice, você não é nem de longe importante assim”.

Quando deixava um comentário e este caía em moderação, era um auê.

Só que isso não se restringe a exes.

É, infelizmente, comum. Visitantes de primeira viagem, comentaristas que não estão acostumados com blogs, quando se deparam com a moderação do WordPress, ou do Blogger.com, ficam irados. Vejam o exemplo do Bruno, abaixo: Ele deixou um comentário, que foi moderado AUTOMATICAMENTE pelo WordPress.

Inconformado, soltou o verbo.

Então, vejamos como funciona a coisa:

O Bruno, no alto do seu direito constitucional, democrático e pluralista de falar mal de mim no meu blog, usando meus recursos e em última análise às MINHAS custas, escreve um comentário, 11 e quarenta da noite.

Eu, ProBlogger malvado filho da puta cruel ditador e reacionário (ou Cardoso, pra encurtar) fico, em meu QG, monitorando CADA comentário postado, em tempo real. ASSIM que o comentário é enviado, eu o leio, e dentro da mesma sessão HTTP, desvio a resposta, enviando o comentário do BRUNO, especialmente esse, para a tal da MODERAÇÃO, um Inferno da Terra de onde nenhum comentário jamais voltou.

O Bruno recebe uma resposta de que “seu comentário foi moderado”, e entende que não é bem-vindo, nem suas opiniões. Irado, deixa OUTRO comentário, que também é moderado.

Esse Cardoso é cruel demais, fica em cima do lance. Já os comentários de seus cupinchas e baba-ovos (termo genérico para designar quem discorde do Bruno e/ou concorde comigo em algo. Qualquer algo) são liberados.

Bruno, sua anta, vou explicar como se explicaria algo a uma criança retardada (o que, provavelmente, não está longe da verdade):

Eu não sei que você existe. Sério. Eu SEQUER tomo conhecimento da sua existência. Quando você deixa um comentário no meu blog (ou no de qualquer outro Cardoso) o processo é automático.

Seu comentário será colocado sob moderação SE preencher alguns critérios. No meu caso, se resume a ter mais de 2 links, ou você nunca ter comentado nada antes aqui.

SIMPLES ASSIM.

Eu recebo um email avisando de que há comentários moderados. Algumas vezes por dia eu abro o painel de administração, verifico os comentários, e os libero, exceto os spams e os com xingamentos gratuitos.

Só que eu NÃO VOU ficar o dia inteiro de babá de gente que não sabe como é que a banda toca. Quando você postou seu comentário, eu estava OCUPADO, Fazendo SÉQUIÇO, que é bem mais divertido do que comentar em blogs, você deveria experimentar algum dia. Mas com uma mulher, não com minha paciência.

Alguns blogs são mais radicais, exigindo que TODOS os comentários sejam moderados. Outros, sequer aceitam comentários. Ao fazer esse tipo de pirraça, o Bruno me torna mais favorável a esses modelos, ou até a algo mais radical ainda, o blog “por convite”.

Já imaginaram que paraíso seria, um blog com um grupo de leitores qualificado, só acessível por convite, salsinhas-free?

Taí uma boa idéia. Poderíamos abolir a moderação, liberar a postagem para os membros, e trocar idéias sem precisar se preocupar com paraquedistas xiitas.

Quem topa montar uma Maçonaria de Fãs de Blogs? (assim abrange o leitor e o autor, todo mundo se mistura)

Utopia minha? Talvez, mas imagino que os 95% de leitores qualificados que freqüentam esta baiúca também não se divirtam muito com os Brunos da vida.

DISCLAIMER Nenhum Bruno Torres ou Bruno Alves foi ferido na produção deste texto.



Leia Também:

Sobre o Post

Este post foi escrito em 21/11/2007 às 12:55 pm

Está arquivado na(s) categoria(s) Fenomenologia, Pessoais.

Você pode acompanhar os comentários via RSS 2.0.

Você pode fazer um comentário, ou trackback de seu próprio blog.



47 Respostas para “Bruno, eu estava fazendo SÉQUIÇO”

  1. "Maçonaria de Fãs de Blogs"

    Sabe que não é uma má idéia: eu por exemplo, entro na categoria de "leitor-autor", ou seja, leio vários blogs, muito eventualmente me dá vontade de escrever algo. Quando é sobre técnologia, mando para o 1/2bit (o que implica em moderação direta). Quando não é, simplesmente não escrevo por não ter onde publicar ou quem leia (pois não possuo um blog, e nem produzo conteúdo suficiente para manter um).

    Desenvolveria sua idéia para: criar um blog com múltiplos autores, em que qualquer leitor pode se tornar autor, desde que tenha ao menos um artigo que tenha sido aprovado por validadores. A partir deste momento poderia publicar seus artigos, e caso publique algo muito inapropriado, poderia se excluido da lista de autores.

    Isto resolveria a questão de "leitores-autores" como eu. A grande questão seria: divisão dos lucros do AdSense com os autores dos artigos (como gerenciar isso com várias dezenas de autores eventuais), ou então não colocar propagandas de todo, talvez poucas para pagar a hospedagem e administração. Cardoso, sua experiência no 1/2bit pode ajudar nesse ponto?

  2. Tudo isso só para anúnciar que estava fazendo sexo… tsc tsc.

  3. Esse papo de "blog por convite" talvez não seja tanta loucura quanto parece, hein! Ehehe… ;-)

  4. Caraca, o Cardoso faz sexo. :|

    Meu mundo caiu…

  5. Eu concordo!

  6. Ainda bem que eu também sou um Bruno que não foi ferido durante o processo. É incrível como as pessoas não usam a cabeça pra pensar um pouquinho né? Será que o cara achou mesmo que os comentários são moderados em tempo real?

    Mas talvez ele fez de propósito para ter um post inteiro só pra ele. hahaha!

  7. "Tudo isso só para anúnciar que estava fazendo sexo… tsc tsc."
    É pq ela (ele) não era nerd (vide o outro blog) hahahaha.

    Cardoso, só se criar outro blog para a maçonaria, afinal salsinha é legal, sempre faz rir

  8. Concordo, mas só se for aqui no Contraditorium. Se colocar convite no CarlosCardoso aí o site fica sem graça. Imagina não ter mais as salsinhas da IURD, ou os miguxos-salsinhas-fãs de Harry Potter descabelando-se e escrevendo em miguxês. :-)

    Mudando agora de assunto, sem querer ser chato (mas já o sendo), poderia colocar uma foto maior, não dá para enxergar direito a mesnagem do Bruno. Muito provavelmente acho qu vou precisar de óculos. ;-)

  9. Você ainda tem os Brunos pra falar mal, e nós que só temos as salsinhas? :D

    Abraço

  10. Eu me divirto muito com estas pessoas. Ultimamente eu estou tendo uma invasão de salsinhas em um post sobre passagens da Gol a R$10 me pedindo para reservar passagens.

  11. Cardoso, não te interessou participar do meme de elite?
    Abraço, cara. http://www.putsgrilo.com/2007/11/19/meme-de-elite

  12. Oi Cardoso!
    Te indiquei ao prêmio do Meme de elite!
    Olha lá: http://www.eitapiula.net/2007/11/20/meme-eitapiul
    Bjos!

  13. Se é secreto e elitista, não pode ser bom…
    Tou dentro, onde preencho o cadastro?

  14. "Maçonaria de Fãs de Blogs" – Foi longe com o pensamento na hora que escreveu isso heim.. hehe

  15. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    essa foi muito boa!
    na minha opinião esse tipo de coisa tem q acontecer sim. e sempre. eu rolo de rir aqui. ja pra vc pode nao ser tao engraçado. mas paciencia…

    sobre blog por convite, acho q nao rola pra problegger.

    e se o tal Bruno voltar aqui vai ficar puto. seus adSense's estão todos se referindo a "Brunos" ahahahahauahuahuaahuahhahahau
    vai certamente se achar o mais novo hype da net e até o google resolveu cita-lo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    viva a inclusão digital!

    (e livrai-me da moderação, amém)

  16. é, não me livrei…

  17. Eu sou novato com blogs, mais já estou tendo problemas com visitantes deste tipo , e por estas que gosto dos paraquedistas, não aborrecem e sempre clicam no adsense,

  18. Pelo amor de Deus não modera este comentário!

    Dito isto, sou totalmente contra a moderação de comentários, claro que precisamos definir alguns critérios que evitam o SPAM mas algo como o meio bit não é meu perfil. Claro que manter um blog como o meio bit também não é meu perfil de blogueiro (por pura falta de capacidade e não por falta de vontade) então talvez não tenha noção dos motivos, e vantagens, que levaram os autores a tomar aquelas medidas.

    No post você tocou o ponto, ele não sabe como a banda toca…

    P.S – Como consegue essa quantidade de comentários em tão pouco tempo?

  19. Concordo, prefiro fazer "sequiço" (com um mulher, não com sua paciência, Cardoso) que moderar comentários. Estar aberto (sem sacanagem por favor…) ao público sempre atrai esse tipo de gente não? Céu e Inferno, mas acho que da pra ir levando…

    Vez outra recebo gente pedindo emprego por que falei de um empresa especifica… E já tive um troll que me irritou pelo mesmo motivo citado… Ossos do ofício.

    Nota: Pensei em Bruno Alves quando li o titulo, não devo (assim como aqueles que fazem aquele teste de Einstein e não passam) ter QI acima de 9999…

  20. O cara tentou comentar de novo neste post ? kkkkkkkkkkkkkkkk

    Curiosidade…

  21. Só pra constar, fui comentar e apareceu esta mensagem:

    WordPress database error: [Table 'contradi_contradit.main_post2cat' doesn't exist]
    SELECT cat_ID,cat_name FROM main_posts p, main_post2cat pc, main_categories c where p.ID = pc.post_id and pc.category_id = c.cat_ID and post_status = 'publish' GROUP BY cat_ID

    WordPress database error: [Table 'contradi_contradit.main_post2cat' doesn't exist]
    SELECT cat_ID AS ID, MAX(post_modified) AS last_mod FROM `main_posts` p LEFT JOIN `main_post2cat` pc ON p.ID = pc.post_id LEFT JOIN `main_categories` c ON pc.category_id = c.cat_ID WHERE post_status = 'publish' GROUP BY cat_ID

  22. Apareceu de novo…

  23. LoL Caiu mais um indignado com a vida!

  24. Esse salsinha está manchando o bom nome dos "Brunos" da blogosfera: morte ao infiel!!!!

    Só queria poder ler o que o infiel escreveu, mas acho que só com um hiper-mega-boga-microscópio…

  25. Fabrício em 21/11/2007 às 6:31 pm

    "Maçonaria de Fãs de Blogs"
    Onde preencho o cadastro e aprendo os sinais secretos?

  26. Copie a figura do que ele escreveu e cole, por exemplo, no Word, Bruno (Alves). Comigo funcionou e eu pude ler sem problemas… (problema foi ter entrado no blog do salsinha e perdido tempo lendo um tanto dos textos dele).

  27. […] 21, 2007 in Uncategorized No mesmo dia Carlos Cardoso escreveu sobre amor e SÉQUIÇO. Pra bom entendedor, meio post basta. […]

  28. Acho que esse Bruno ficou feliz em ganhar um post só para ele! Que isso, amigo, deixa pra lá…
    Tenho 2 blogs, um pessoal e outro mais sério/jornalístico e opinativo. Recebi tanto comentários e contatos grosseiros, que nem me preocupo mais. São mtas pessoas ignorantes que acabam lendo nossos textos, ou se inserindo na blogosfera pensando que sabe tudo. Temos que nos conformar e nos segurar. Senão acabamos sendo grosseiros nos posts até com quem não merece ler aquilo. :)

  29. […] Contraditorium, há um post chamado Bruno, eu estava fazendo SÉQUIÇO onde se lê: Só que eu NÃO VOU ficar o dia inteiro de babá de gente que não sabe como é que a […]

  30. Para ler é só clicar com o botão direito e clicar em "Exibir imagem" (no firefox).

    No IE, bom, eu não vou ajudar alguém que usa o IE.

    Sobre os salsinhas eles (literalmente) são o tempero da arte de blogar. Rir de quem em um blog por convite? Com certeza rolaria aquela nostalgia "uma vez, um paraquedista-salsinha caiu no meu blog atrás de …".

    Mas seria bom.

  31. Mas você já não faz isso no MeioBit?

    Já que esses comentários te incomodam tanto, pesa a sensação que você tem lendo os comentários do MeioBit com os outros blogs e vê o que mais vale a pena. Creio que nos seus blogs, com muitos visitantes fixos, valha mais a pena exigir cadastro mesmo, e cadastro sob risco de punição (não necessariamente sumária), afinal, abrir comentários para todos é bom para blogs iniciantes que ainda precisam fidelizar seus leitores (assim penso eu), mas pra quem está estabelecido, creio que é um mal desnecessário.

    Abraços

  32. Não costumo comentar, embora conheça o blog há um certo tempo. Concordo com quem disse que o cara postou dessa forma por não saber como a banda toca. Acho que é suficiente pra resumir o episódio. De qualquer forma, parabéns, Cardoso, mesmo quem lê há pouco o blog sabe que o evento que te serve de álibi pra não ter cometido a "censura" é digno de um post! ;)

  33. Eu acho que o Bruno tem razão. :P

  34. […] ler os meus feeds hoje, outro texto do Cardoso me chamou a atenção, e me motivou a escrever este desabafo, sobre os comentários em […]

  35. Definiçao da desciclopédia para CARDOSO:

    Cruel, Ardiloso, Reacionário, Ditador, Obeso, Sanguinário e Omisso…

    Reza a lenda que seu segundo nome é IMETAS – Inimigo Mortal e Exterminador de Trolls, Abestados e Salsinhas.

  36. Acho que você poderia simplesmente fazer uma coisa, continuar fazendo SÉQUIÇO e os salsinhas que se lixem…

  37. O cara deve passar o dia todo no computador, sendo essa a única realidade que ele conhece, não imaginou que justo o Cardoso, dono de um blog, iria fazer algo longe do monitor.
    Nunca havia comentado aqui antes, mas acho que sistema de cadastro é bom.

  38. acredito que o conceito de "diversão" mude de acordo com o ponto de vista… (6)

  39. Ele devia estar procurando sequiço! Queria f*der sua paciência. E conseguiu.
    (desculpa, a piada é sua, apenas isolei do contexto)

  40. Meu… Cada nó cego que tem por aí, não? =]

  41. Sempre quis participar de uma maçonaria.
    Gostei. Essa é minha chance!

  42. Carlos, entrar em contato: producao@sexyhot.com.br

  43. Não sabia que probloggers ricos, poderosos e famosos faziam sékiço. Dá pra postar durante? :)

    Maysa

  44. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    esse ultimo comentario da Maysa foi foda (no sentido figurado da palavra)!!!! hilário!!

  45. kleber rodrigues em 01/11/2011 às 11:51 pm

    pelo amor do guarda

  46. pelo amor guarda

  47. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk abeistanhado

Regras: Comentários de clones serão apagados. Caso seu comentário contenha ofensas pessoais, textos todos em caixa-alta, palavrões desnecessários ou miguxês você poderá ter seu email e IP expostos publicamente. Anonimato não é um direito, é um privilégio. Use-o bem ou perca-o. Se quiser me xingar, seja criativo, assim há uma leve chance de seu comentário ser aprovado. Do contrário não gaste seu tempo.
As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do blog, algumas vezes mal refletem as do autor do comentário.

Faça seu comentário

Quem é Cardoso

Para saber mais sobre o autor deste blog, visite este link. Para enviar uma mensagem, clique aqui. Para anunciar, clique aqui.




Hey, você aí...

Colabore com o blog que você conhece e ama. Ou então com o contraditorium. Demonstre seu afeto da forma que todo mundo entende: Com dinheiro. Ei, se até Deus precisa dele, quem sou eu para discordar? Escolha sua doação:
Valor do Agrado

Jabá

O Contraditorium está hospedado no Bluehost, com transferência mensal ilimitada, espaço em disco ilimitado, domínios ilimitados, infinitos subdomínios, PHP, Ruby on Rails e todas as funcionalidades que você puder pensar. Quanto? US$6,95 / mês, quinze Reau, menos que uma pizza. Conheça o Bluehost, clique no link abaixo.