capajpg

Compre e leia meu livro gratuito: Calcinhas no Espaço

capajpg

Quem diria, o sujeito que tinha horror de quem escrevia de graça gostou da brincadeira e fez de novo. Pois é, depois do incrível sucesso d’O Buraco da Beatriz, resolvi fazer de novo e fazer direito. E meninos, eu fiz.

O Calcinhas no Espaço é meu primeiro livro de blogueiro de verdade, não é uma coletânea requentada de posts, não tem um “razoável percentual” de material novo. É todo (menos um) novo, são textos inéditos, pesquisados caprichados e absolutamente exclusivos, que você não verá  em nenhum outro lugar.

O Livro

 

Eu meio que me irritei com a militância raivosa que rasteja pelas interwebs, e acabei produzindo um livro cheio de exemplos de pessoas que passaram por poucas e boas, e não ficaram remoendo mágoa em textões do Facebook. Confesso, funcionou como terapia. Depois de ver gente o dia inteiro chilicando por causa de um boneco de uma personagem, dá gosto ler sobre uma jovem, negra, manicure que resolver ser a primeira afro-americana a pilotar aviões, e que acabou inspirando astronautas.

Se de um lado temos macaquinhos, do outro temos russos e americanos em disputas geniais de espiões, temos mágicos ajudando a combater nazistas, bebuns realizando feitos incríveis e temerários, e cachaça fazendo mais pela integração racial do que todos os Tumblrs do Universo.

São 19 histórias, 18 delas inéditas. Sem truques, sem esquemas, sem “pague com twit” ou nada do gênero.

Eu disponibilizo o livro gratuitamente, sem DRM, sem nenhuma exigência ou obrigação, você baixa, lê e se quiser pode fazer uma doação, que será muito bem-vinda.

Assim eu não violo a regra básica de nunca escrever de graça, e mantenho minha consciência limpa ao oferecer um material que teve todo um trabalho de coleta, revisão, atualização, formatação, conversão e espremeção da minha glândula de design, para fazer a incrível capa.

Se você quiser fazer uma doação, a casa é sua, use o PagSeguro no botão abaixo ou via PayPal  com o email  cardoso@pobox.com. Toda moeda é bem-vinda, desde que seja de país com luz elétrica e água encanada.




“Eu poderia estar roubando,
eu poderia estar blogando…”

boston_panhandler_i_need_beer-300x286
Se não quiser doar nada, tudo bem, eu nem queria mesmo ;)

 

Para Baixar O Livro

O Calcinhas no Espaço está disponível para iPad, Kindle, Android, etc. São 3 formatos principais: ePub, que funciona em tudo menos Kindle, AZW, que funciona nos Kindles e MOBI que funciona  em uns  leitores esquisitos aí. E PDF, por algum motivo vocês amam PDF.

É preciso apenas que você siga alguns passos e terá acesso ao livro:

  1. Curta a fanpage oficial
  2. Siga o perfil oficial no Twitter
  3. Use a App e envie esta página para 10 contatos
  4. Suba uma montagem segurando a capa do livro
  5. Ache 3 príncipes nigerianos e os convença a doar para meu fundo…

Nah, brincadeira. Eu DETESTO site que faz isso. Ou é de graça ou não é, de graça com condicional não rola.

Tome os links:

 



Leia Também:

  • Sombra da Juliana de oculos

    Esse livro deve ser tão bom. Unico livro que voce compra e lê gratuito ao mesmo tempo. Tipo geladeira que esfria e esquenta ao mesmo tempo.

  • Diogo Nóbrega

    Estranho. Eu peguei a versão AZW3 e enviou pro Kindle, mas a Amazon não reconheceu o formato. Aí eu enviei a versão MOBI, converteu certinho e já apareceu no Kindle como AZW :P

    • AZW3 funciona pra copiar via cabo USB. Pra enviar pelo whispersync tem que ser MOBI mesmo. Vai entender ¯_(ツ)_/¯

  • tem algum valor recomendado de doação?
    Alguma faixa de preço que vc espera?

    • Abaixo de zero eu já começo a me ofender.

    • rodrigofante

      Eu passei 10,00 antes de ler pois sei da qualidade do autor, depois de ler acho que considerando o valor de outras obras 20 ou 30 seria justo, mas agora dá preguiça de fazer um segundo pagamento.

  • Islan Oliveira

    Cardoso, um dia te recompensarei pelos livros, mas infelizmente esse dia não é hoje. :(

  • Alessandro Bornato

    Tks man. Foi caro mas vale cada linha de leitura.

  • Islan Oliveira

    Vou começar a leitura agora e depois vou me sentir muito culpado por não contribuir. Abraço, Cardoso.

  • Cesar Dias

    Vou dar 4 estrelas. Depois que eu ler eu volto para reavaliar.

    • kenji

      Isso pareceu aquele tipo de review de app store, “uma estrela, não consegui instalar”.

      • Cesar Dias

        Pegou a referência

  • Achei que fosse mais um livro a la John Chosen. Lê-lo-ei.

    Vale a pena ler tudo aquilo que irrite a militância mongoloide politicamente correta.

  • Jean

    Porra o nome do livre me deu encrenca aqui. rs
    To lendo, de boa, tranquilão, tomando uma cerva, e pah. Chega a delegada, com o olho vermelho de ódio e pergunta “O que é isso de calcinha.pdf????”

  • bruno miranda

    EPUB e PDF ficaram bons no Google Play Livros mas o EPUB parece que ficou mais melhor.

  • mario neis

    Quanto está custando a dose de gin-tônica no melhor bordel 3 estrelas do teu bairro? :v

    aí já dá pra pensar em tirar o meu escorpião do bolso e te pagar umas doses hahaha

  • cloverfield

    Baixa-lo-ei e leio-ei ainda hoje.

  • bruno miranda

    Serviço de revisor:
    Página 14: “então maskelyne tentou outra coisa.” Maskelyne com “M” minusculo.
    Página 53: “assim não haveria risco do galão cair e um ponto de solta ser danificado.” solta acho que seria solda.

  • Camargos

    Cardoso, não vale a pena fazer uma campanha no Kickstarter ou similares? O camarada doa 10 dilmas e ganha o pdf. Isto para os próximos títulos, claro.

  • Luiz Rodrigo Martins Barbosa

    @ccardoso:disqus no PayPal tá dando “Sorry, this recipient can’t accept personal payments”, pagseguro não serve pra mim.

  • Cássio Amaral

    Adorei o livro, Cardoso, os contos são curtos e divertidos, li em uma tarde. Parabéns pelo livro, espero gostar dO Buraco de Beatriz tanto quanto gostei desse. Fiz uma pequena doação tanto pela obra como por todos os fantásticos artigos publicados no Meio Bit durante todos esses anos!

  • Vitor Felipe

    Ótima leitura. Sua gin-tônica foi devidamente paga :D

  • Estou pobre, assim que o PT deixar o governo vou contribuir com a obra.